22 de junho de 2017

ALTERNATIVAS GRÁTIS AO WINDOWS MOVIE MAKER

Depois de muitos anos de reinado como um dos melhores editores de vídeo gratuitos, o Windows Movie Maker foi descontinuado pela Microsoft. E não há notícias de uma possível nova versão para Windows 10.
Mas há alternativas disponíveis que são até mais poderosas, igualmente fáceis de usar e completamente gratuitas. Aqui ficam umas quantas:

Shotcut, uma das melhores alternativas

À primeira vista Shotcut não se parece muito com o Windows Movie Maker, mas um clic nos botões da lista de reprodução e da linha de tempo tornam a sua aparência muito mais familiar.
Para trabalhar com qualquer arquivo basta abri-lo para acrescentá-lo à lista de reprodução. Depois pode ser arrastado para a linha de tempo para agrupar, tal como se podia fazer no Movie Maker. Quando os tivermos todos, com o botão de filtros poderemos acrescentar efeitos e transições.
Há filtros de cor como os do Movie Maker, além de opções avançadas como a possibilidade de trabalhar com chroma key para inserir efeitos em fundos de cor verde. Inclusivamente, podemos inserir marcas de água nos vídeos.
Shotcut é uma ferramenta totalmente opensource,  gratuita em todas as suas características. 

Avidemux, totalmente multiplataforma


Avidemux pode ser a solução mais adequada para quem usava Windows Movie Maker para realizar montagens de vídeo simples. Não tem um interface muito apelativo, nem opções de partilha em redes sociais, mas se explorarmos os seus menus descobriremos muitas possibilidades.
Há perfis predefinidos para distintos dispositivos de saída, e também incorpora filtros de vídeo e audio, transições, legendas e muitas opções de codificação totalmente personalizáveis. Mas tem alguns handicaps.
O principal é que não se podem combinar vídeos de alturas ou larguras diferentes. Pode não ser muito importante para a montagem de um filme curto com material gravado com a mesma câmara, mas pode ser um problema se quisermos usar vídeos provenientes de distintas fontes.
A única forma de solucionar o problema passa por redimensionar cada clip de forma separada, exportá-lo e criar um novo projeto. Está disponível para Windows, macOS e Linux.

Lightworks, edição profissional grátis para uso pessoal

Talvez o Windows Movie Maker tenha sido o seu primeiro contacto com a edição de vídeo, e talvez, com o tempo, tenha vindo a achá-lo "pequeno";  se esta simplicidade já lhe parecia  limitadora, experimente  LightWorks.
Este programa é gratuito para uso pessoal, e a versão profissional (com mais opções para exportar um vídeo) é usada em estúdios de cinema de Hollywood. Tem um interface muito diferente de todos os outros editores que abordamos neste post.
Isto deve-se principalmente ao facto de usar janelas flutuantes e terminologia do tempo em que a fita de vídeo era o único suporte de gravação disponível. Se estivermos muito habituados ao Windows Movie Maker, talvez seja melhor ler o guia de utilização.
Como programa de edição de vídeo, Lightworks é praticamente impecável. Mas significa um enorme passo em frente comparativamente ao Windows Movie Maker.

VideoPad Video Editor, o mais parecido com Movie Maker

De todos os programas que abordamos neste post, talvez o VideoPad Video Editor seja o que mais se parece com o Windows Movie Maker: importamos os vídeos, arquivos de audio e imagens e arrastamo-los para a linha de tempo para editar um vídeo com eles. Mesmo fácil.
 VideoPad Video Editor permite exportar vídeos em 4K, uma característica que por agora só se encontra em ferramentas profissionais paras. E este programa é gratuito para uso pessoal e doméstico.

VSDC Free Video Editor, para amantes da experimentação

VSDC Free Video Editor não se parece tanto com o Windows Movie Maker como o exemplo anterior, mas se estivermos abertos a experimentar  algo novo pode ser uma grande ferramenta. Permite importar tudo o necessário para criar vídeos, para além de acrescentar anotações, cursores, notas, efeitos e listas.
Este programa conta com muitas características para experimentar, e com assistentes que nos guiarão através dos terrenos mais pantanosos. Ajudas úteis, sobretudo se não se tivermos muita experiência com estas ferramentas.
É importante notar que, apesar de ser grátis para uso pessoal, o programa não permitirá importar o nosso projeto se para criá-lo tivermos usado características premium como a aceleração por hardware (que está ativada por defeito). Por sorte, podemos evitar que isto seja um problema clicando no menu Opções e depois em Opções de aceleração. Aí, desativamos a opção "Usar aceleração de hardware para codificar vídeo".
VSDC tem atualizações frequentes com novas características, e é uma alternativa excelente a Windows Movie Maker se não nos importarmos de apelar à criatividade, e experimentar.

Tradução livre, a partir de:


8 de junho de 2017

LIRELACTU - A IMPRENSA GRATUITAMENTE NAS ESCOLAS

LireLactu é uma plataforma criada para os estudantes e professores franceses , e que faculta acesso gratuito a mais de uma dezena de jornais diários e várias revistas.
Particularidade do serviço: só está acessível dentro das escolas, através da sua rede de Internet.





LireLactu propõe acesso completo e ilimitado, nas escolas, através de computador, tablet ou telemóvel aos principais diários franceses (l’Humanité, La Croix, Le Figaro, Le Monde, le Parisien, Les Échos, Libération) e ainda a títulos como El Pais, Courrier International, La Vanguardia e New York Daily News. 

LireLActu é uma boa iniciativa para o mundo da educação e para a formação dos futuros cidadãos, fruto de uma parceria entre o Ministério da Educação de França e vários órgãos da imprensa francesa e internacional. Existe desde 2016.
O portal, cujo suporte técnico é da sociedade miLibris, é de consulta e utilização simples. 
Oferece todos os dias uma revista de imprensa de todas as publicações disponíveis, com as respetivas capas, e permite acesso livre, e a partir de qualquer lugar, às primeiras linhas das principais notícias e rubricas. A leitura dos artigos é que está protegida, e por isso só pode ser feita a partir de uma escola.
Que tal o Ministério da Educação de Portugal replicar esta ideia por cá?
Aceda ao portal LireLactu aqui.


21 de abril de 2017

BANCOS DE MÚSICA GRÁTIS E LIVRES

Utilizar conteúdos audiovisuais é um recurso muito eficaz para captar a atenção dos alunos e cimentar os seus conhecimentos.
Quando um docente elabora este tipo de material próprio, onde pode encontrar música gratuita para nele incluir?
 Aqui ficam vários bancos de sons para descarregar peças musicais de forma gratuita:
1. Musopen: este banco está pensado para trabalhos que queiram incluir música clássica. Dispõe de um amplo catálogo de compositores de renome como Mozart, Beethoven, Bach…O acesso gratuito permite fazer download de cinco canções por dia.

2. YouTube Audio Librarya rede social de vídeos dispõe também de uma biblioteca de música livre de direitos. O catálogo contém canções arrumadas por géneros, estilos, duração e instrumentos. Podem der descarregadas de forma gratuita.

3. INTEF: com o objetivo de munir a comunidade educativa de múltiplos recursos audiovisuais de uso livre, a base de conteúdos do INTEF (Instituto Nacional de Tecnologias Educativas-Espanha) alberga um amplo catálogo de imagens e sons para utilização em projetos educativos. A pesquisa, por palavras/assuntos tem de ser feita em espanhol, mas há sempre o tradutor do Google para ajudar, ou qualquer dicionário online. 

4. Dig CC Mixter: este portal alberga uma grande quantidade de música independente com Licença Creative Commons. Para que a busca seja mais fácil, oferece listas predefinidas de sons para vídeos, e também som instrumental.

5. Audionautix: trata-se de um banco de sons de uso livre, mas com a condição de incluir um link para este portal ou pelo menos mencioná-lo. Sem necessidade de permissões adicionais. Oferece uma busca dividida por géneros, por estados de ânimo e por ritmo.


Tradução livre e adaptada. Pode encontrar a fonte aqui.

4 de abril de 2017

iCONVERT ICONS - CONVERSOR DE ÍCONES

iConvert Icons é uma ferramenta para converter imagens em ícones (ou ícones em imagens) para diferentes sistemas operativos e dispositivos.


Funciona online, é gratuito e não carece de qualquer registo.

Basta entrar no site, fazer upload (ou drag and drop) da imagem que queremos converter, e esperar pela rápida conversão.
É compatível com múltiplos formatos de imagem.



15 de março de 2017

IMAGESPLITTER - TRATAMENTO DE IMAGEM

ImageSplitter é uma quádrupla ferramenta online, gratuita, para edição de imagem.
Tudo se passa diretamente no navegador, sem necessidade de registo nem de qualquer instalação prévia.
O que podemos fazer a uma imagem, com as ferramentas do ImageSplitter?

  • Converter : para qualquer destes formatos: jpeg, bmp, gif, png ou ico                         (Sim! Até podemos transformar a imagem num ícone!)
  • Redimensionar: para o tamanho que desejarmos
  • Dividir: para obter várias imagens
  • Recortar.





Como se faz?
1) Entramos na página web, aqui.
2) Carregamos a imagem do nosso dispositivo para o site ou             indicamos o URL onde ela se encontra, na Internet.
3) escolhemos a ferramenta que queremos utilizar.
4) Procedemos ao pretendido.
5. Fazemos download da imagem final para o nosso dispositivo.
Simples e rápido!

13 de fevereiro de 2017

24 FERRAMENTAS GRATUITAS PARA MODIFICAR PDF

Pdfcandy é uma página web que reúne 24 ferramentas online para edição de documentos PDF. 
A plataforma tem tudo o que precisamos, e substitui, sozinha, todos os sítios que já usamos para alterar o aspecto ou a informação de um ficheiro PDF.





Podemos eliminar páginas de um PDF, dividi-lo em ficheiros diferentes para cada página,  unir ficheiros diferentes num único, converter de PDF a Word, de Word a PDF, de PDF a JPG ou vice-versa, de Excel para PDFde PowerPoint para PDF ou de PDF para TIFF ou PNG

Além disso, há outras funcionalidades interessantes;  é possível, por exemplo:
  • agregar uma marca de água
  • atribuir uma password
     
  • rodar as páginas
  • desbloquear o ficheiro
  • comprimir o ficheiro

A plataforma, desenvolvida por Icecream Apps,  é completamente gratuita, sem publicidade, e não exige registo prévio. 
Os ficheiros a converter podem ser descarregados da nuvem (Dropbox ou GoogleDrive) ou simplesmente arrastados para dentro da aplicação.
Para nos facilitar o acesso, cada uma das ferramentas pode ser agregada aos nossos ‘Favoritos’ .
Está tudo disponível em português, aqui

6 de fevereiro de 2017

Competências e ferramentas para o professor do séc. XXI

O professor do séc. XXI  deveria ser capaz de: 


1- Criar e editar audio digital 
     Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
Audio Tools for Teachers


2- Usar bookmarking social - curadoria de conteúdos para partilhar recursos com/entre os alunos

 Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
A List of Best Bookmarking Websites for Teachers




3- Usar blogues e wikis para criar plataformas 
online para estudantes
     Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
Great Tools to Create Protected Blogs and Webpages for your Class



4- Explorar imagens digitais para uso nas aulas

     Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
Web Tools to Edit Pictures without Installing any software
Tools to Convert Photos into Cartoons


    5- Usar conteúdos vídeo para envolver os alunos
         Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
    Web Tools to Create Videos without Installing Any Software


      6- Usar infografias para estímulo visual dos alunos
           Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Tools for Creating Educational Posters and Infographics



      7- Usar as redes sociais para estar em ligação com os colegas e crescer profissionalmente 

           Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      8- Criar e disponibilizar apresentações assíncronas e sessões de treino
           Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Presentation Creation Tools for Teachers


      9- Compilar um portfolio digital (e-portfolio) para seu próprio devenvolvimento

           Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Great Tools to Create Digital Portfolios 


      10- Ser capaz de detectar plágios nos trabalhos dos alunos 

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Plagiarism Detector Tools for Teachers and Educators


      11- Criar vídeos e tutoriais recorrendo a captura de écrã

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência: 
      Some Very Good Screen Capture Tools for Teachers




      12- Fazer curadoria web de conteúdos para aprendizagem dos alunos

       
      Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:










      13- Usar e fornecer aos alunos ferramentas de gestão de tarefas para que organizem o trabalho e planifiquem a sua aprendizagem

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      A List of Great Task Management Tools for Educators


      14- Usar software de sondagens para criar questionários em tempo real na aula

            Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência: 
      15 Free and Easy Poll/ Survey Tools for Teachers


      15- Compreender os problemas relacionados com direitos de autor 
            (copyright) e utilização  legítima de materiais online
             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Great Resources for Learning More about Copyright Issues


      16- Usar ferramentas de avaliação digital para criar quizzes

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Free Tools to Create and Administer Quizzes


      17- Encontrar e avaliar conteúdos web 

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência: 
      A Great Rubric for Evaluating Web Content


      18- Usar ferramentas digitais para gestão do tempo (cronómetros, temporizadores, etc)

            Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Some Very Good Tools for Better Time Management


      19- Usar ferramentas de tomada de notas para partilhar conteúdos com os alunos 

             Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Good Apps for Note Taking


      20- Usar  "sticky notes" (post-its) on line para capturar ideias interessantes

            Eis algumas ferramentas para desenvolver esta competência:
      Sticky Notes Apps for Teachers and Students

      (Tradução livre do inglês)

      Fonte:
      O original pode ser encontrado aqui:

      Unsplash - banco de imagens gratuitas


      O Unsplash é um grande banco de imagens, para uso livre. Não é necessário qualquer tipo de registo no site.



      Todas as fotos estão publicadas sob licença Creative Commons Zero, o que significa que podemos copiar, modificar, distribuir e usá-las livremente, sem necessidade de permissão ou de atribuição da autoria, quer do fotógrafo quer do site.
      A pesquisa no site faz-se por tema/assunto ou consultando as muitas, muitas coleções temáticas que estão disponíveis.

      Fonte: https://unsplash.com/


      14 de dezembro de 2016

      SCIENTIX - COMUNIDADE PARA A EDUCAÇÃO CIENTÍFICA

      Scientix é a comunidade para  promoção da educação científica na Europa, coordenada pela European Schoolnet.


      Trata-se de uma rede que promove e apoia a colaboração entre professores de ciências, tecnologia, engenharia e matemática, investigadores e outros profissionais de educação.
      Está aberta a todos os interessados na educação científica.


      Entre outras iniciativas, a rede recolhe e disponibiliza recursos pedagógicos, bem como informação acerca de projetos europeus na área do ensino das ciências, financiados pela Comissão Europeia. 
      A rede conta com representantes nacionais a quem cabe estabelecer ligações entre as iniciativas do Projeto Scientix e os professores, bem como organizar workshops, conferências e webinars para docentes. Conheça aqui os embaixadores portugueses e respetivos contactos.


      No website da rede pode encontrar recursos criados por professores de toda a Europa, pesquisáveis por tema, tipo, idade do público-alvo e língua.Embora não exista uma versão em português do site, há recursos em língua portuguesa.

      Veja o vídeo de apresentação:



      Fonte:http://www.scientix.eu/

      7 de dezembro de 2016

      CONTADOR DE PALAVRAS - WORDCOUNTER

      Word Counter é um contador de palavras e caracteres




      Não é preciso criar contas nem fornecer informação de qualquer tipo.
      Só temos de pôr o texto dentro do campo principal, escrevendo diretamente, ou usando a técnica copiar/colar.
      Word Counter  encarrega-se de contar as palavras em tempo real.



      Mais simples e prático não há.
      Além de palavras e caracteres, o programa conta também parágrafos e frases ( desde que iniciadas por maiúscula) e calcula o tempo necessário para a leitura. 
      Também é contada a frequência de utilização das palavras no texto. 
      Tudo sempre em tempo real.
      Ideal para professores e alunos.

      Fonte: https://wordcounter.net/

      6 de dezembro de 2016

      2 APPS PARA DIGITALIZAR COM SMARTPHONE

      Com a qualidade que hoje têm as lentes fotográficas dos dispositivos móveis, digitalizar um documento deixou de ser uma coisa complicada e demorada.
      Sugerimos duas boas aplicações para transformar o telemóvel ou o tablet num autêntico scanner de bolso. 

      1. ScanBot 6

      ScanBot digitaliza textos com grande facilidade. 
      Basta enquadrar o documento e clicar. A aplicação digitaliza e converte o documento em PDF, até com várias páginas, em poucos segundos.

      A aplicação identifica as margens do documento, corrige a perspetiva e melhora o reconhecimento de caracteres.
      É possível classificar os documentos com tags, e arquivá-los.
      Também os podemos partilhar facilmente, ou guardá-los na nuvem (Google Drive, Box, DropBox ou Evernote).

      ScanBot para Android, aqui.
      ScanBot para IOS, aqui.

      Fonte:ScanBot


      2. Genius Scan

      Basta que fotografemos o texto a digitalizar, e Genius Scan trata do resto.
      Se tivermos atenção à luminosidade, a aplicação é capaz de reconhecer as margens das páginas fotografadas e corrigir automaticamente a perspetiva.

      O resultado final pode ser obtido em formato JPG ou PDF.
      Os ficheiros podem ser guardados na maior parte dos servidores da nuvem.

      Genius Scan para Android, aqui.
      Genius Scan para IOS, aqui.

      25 de novembro de 2016

      6 FERRAMENTAS PARA GRAVAÇÃO DE AUDIO


      Como gravar audio no computador? Uma pergunta que muitos se fazem, não tanto com o objetivo de simplesmente gravar a sua voz, mas sobretudo porque é um recurso genial para utilizar noutro tipo de projetos como os de programação, para dar voz a um vídeo stop-motion ou inclusivamente para gravar o nosso próprio podcast.
      Há ferramentas simples e fáceis de utilizar, e outras mais complexas mas ideais para certos usos. Se quer gravar audio no computador necessitará de alguma destas seis ferramentas. Cada uma delas com os seus prós e os seus contras, permitir-nos-ão inserir voz nos nossos projetos… ou, porque não, simplesmente gravarmo-nos para depois nos escutarmos. Veja qual é a sua favorita.

      1. Wavosaur

      Começamos por um de los editores mais completos que há: chama-se Wavosaur e além de ser completamente gratuito, tem múltiplas opções que nos permitirão editar tanto o som como as diferentes pistas que tenhamos. Perfeito para criar composições complexas, mais ainda se tivermos em conta que admite uma multitude de plugins com os quais acrescentar novas funcionalidades.

      2. Ardour

      Caracterizado por ser de código aberto, Ardour tem uma versão gratuita muito completa, compatível com Linux e Mac —não há suporte oficial para Windows— que permite editar, misturar e modificar pistas de som. Por exemplo, pode-se acrescentar efeitos ou outros sons à nossa voz, permitindo resultados que com un pouco de trabalho podem estar próximos do profissional.

      3. Oceanaudio

      Fácil, rápido e potente. Estas são as três características de Ocenaudio, outro programa gratuito e multiplataforma (Windows, Mac e Linux) que simplifica as interfaces mais avançadas para ser muito fácil de manejar, e que se centra na edição de audio antes de tudo o mais. É eficiente e perfeito para os que não precisam de um software complexo, e procuram algo simples e sem grandes alardes técnicos.

      4. Microsoft Sound Recorder

      E se só quisermos gravar a nossa voz ao microfone e pouco mais? O ponto de partida é Microsoft Sound Recorder, uma utilidade incluída nos sistemas Windows mais modernos (no Windows 10 deve fazer-se o download) e que é, simplesmente, um software para gravar a entrada de microfone do computador. Nem edição nem outras parafernálias, com este programa obteremos um arquivo que conterá a gravação. É o ponto de partida para utilizar outros programas, mas pode servir se o que se procura é fazer coisas muito simples.

      5. Audacity

      Um ‘must’ no mundo do podcast, Audacity converteu-se num daqueles programas de audio imprescindíveis para a comunidade, que é aliás uma das suas grandes virtudes: a enorme quantidade de usuários que o manejam em todo o mundo. Cobre todos os passos necessários para ter um bom audio final, desde a gravação, sua edição e modificação até à última exportação, sendo muito versátil, completo e além do mias grátis e multiplataforma (Windows, Mac e Linux).

      6. QuickTime

      Quicktime Audio recordingSe o Windows tem o seu Sound Recorder, o Mac tem o Quicktime como ferramenta para gravar audio e armazená-lo no computador. Trata-se de um utilitário muito simples que nem sequer permitirá editar; só podemos fazer a captura do som para tê-lo em formato digital e posteriormente —e se precisarmos— manipulá-lo através de outros programas. Está incluído nos Mac com OS X mais recentes.
      ------------------------------------
      Texto traduzido do espanhol. Encontre o original aqui.
      Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...